O perfume das Palavras

Outubro 18 2008
A borboleta azul 
 
Uma menina passeava pelo campo e encontrou uma minhoquinha muito triste.  - O que se passa minhoquinha? - Perguntou a menina.- Eu não sou uma minhoca, mas sim uma borboleta. A Fada-das-Flores, aquela fada vaidosa e cruel, arrancou-me as minhas asas para fazer um laço para um baile. – Disse a borboleta quase a chorar.- Oh! Coitadinha – Exclamou a menina.Agarrou a borboleta e pô-la no ombro e foi dar um passeio com ela até que viu umas tulipas com pétalas azuis com uns tons de lilás.- Tive uma ideia! – Exclamou a menina ao ver as flores.Tirou duas pétalas e colou-as na borboleta e de repente a borboleta levantou voo.  Voltou a ter asas.  
gaticha 17.10.2008

 Gaticha

 

publicado por raquel às 09:40

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Porque: "Disseram-me que quem sonha alto o tombo é grande. Mas esqueceram-se de perguntar se eu tenho medo de cair."-Bob Marley " Acreditar é a chave para tornar os sonhos em realidade" NUNCA DEIXE DE SONHAR.
mais sobre mim
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO