O perfume das Palavras

Julho 14 2008

 

 

Num certo universo, numa certa galáxia, num certo planeta, chamado Marinásia, uma menina chamada Wendy, filha de cozinheiros, detestava feijão verde. Andava sempre a dizer:

- Feijão verde não hei-de comer!

A Wendy detestava feijão verde, mas adorava coxinhas de frango. A mãe era muito esperta, sabendo que a filha adorava coxinha de frango, fez para o lanche coxinhas com pedacinhos pequeníssimos de feijão verde. Quando chegou a hora do lanche chamou-a para lanchar. A filha chegou à mesa viu as coxinhas de frango, começou a comer e disse:

- Mãe, o que puseste lá dentro? É delicioso!

Wendy foi verificar o que era. Quando viu o feijão verde ficou corada como um tomate que até a Mãe se assustou!

 

 

Raquel Soares

Portalegre, 14.07.2008

 

 

publicado por Quel-tea às 14:48

Não fales de cor, antes de exprinires uma opinião, testa-a!
Gostei muito do teu texto e sobretudo da criatividade. Excelente. Coimeço a admitir que vamos ter uma escritora na família! Parabéns!


lena a 20 de Julho de 2008 às 16:03

Porque: "Disseram-me que quem sonha alto o tombo é grande. Mas esqueceram-se de perguntar se eu tenho medo de cair."-Bob Marley " Acreditar é a chave para tornar os sonhos em realidade" NUNCA DEIXE DE SONHAR.
mais sobre mim
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO