O perfume das Palavras

Fevereiro 18 2008

Dia 18 de Fevereiro de 2008, ouve uma inundação em Setubal carros inundados, estradas cheias de água pessoas a serem levadas pela corrente...

As escolas fecharam quase todas e a de Bucage ficou inundada de água.Tentaram telefonar para a minha mãe mas tiveram de telefonar para o meu pai que estava em Loures.

Em Loures é que foi um desastre era a estrada e pelos dois lados era só água.

Num prédio ao lado do meu a água do rio quebrou o muro que separava o rio do prédio e ficou tudo inundado...

Setubal Inindada

publicado por Quel-tea às 21:12

Queria, a vóvó gostou do relato que fizeste das cheias em Setúbal, só te quer ensinar o seguinte: houve é com H porque no caso que descreves significa EXISTIR (existiu uma inundação). Quando nos referimos ao sentido de ouvir OUVE é sem H ( eu estou a ouvir música).
Também Bocage, nome do poeta setubalense não é com U mas com um O, BOCAGE.
Como a vóvó foi muito tempo professora sente-se na obrigação de corrigir os erros. Beijinhos
Vóvó
Vóvó Dalma a 20 de Fevereiro de 2008 às 19:53

Olá "jornalista" Raquel,

Li com muita atenção o teu relato sobre as inundações em Setúbal. Devem ter provocado muitos prejuízos e afectado muita gente de que tenho muita pena. Pelo que escreves até as escolas foram afectadas. Esperemos que isto não se repita para bem de todos.
Fico à espera de novo artigo.

Sinto que tenho uma sobrinha com tendências jornalísticas
Lena a 21 de Fevereiro de 2008 às 18:55

Porque: "Disseram-me que quem sonha alto o tombo é grande. Mas esqueceram-se de perguntar se eu tenho medo de cair."-Bob Marley " Acreditar é a chave para tornar os sonhos em realidade" NUNCA DEIXE DE SONHAR.
mais sobre mim
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29


pesquisar
 
blogs SAPO