O perfume das Palavras

Janeiro 11 2008

A Clara e o País dos Doces

Era uma vez uma menina chamada Clara, ela tinha 10 anos e gostava muito da praia e cada vez que ia a praia apanhava conchas e fazia colares para oferecer às pessoas da sua família. Uma vez nas férias de Verão estava a caminhar sobre a praia e encontrou uma pérola, mas ela não sabia que aquela pérola era uma pérola mágica. Como não o sabia, levou-a para casa. Quando ela chegou a casa pegou na pérola para a ver melhor. A pérola começou a brilhar e de lá de dentro saiu uma fada chamada Torrão de Açúcar, elas conversaram muito e depressa se tornaram grandes amigas. Depois de conversar muito a fada Torrão de açúcar disse-lhe:

-Queres vir comigo ao País dos Doces? Toda as fadas desses país têm que ir até à Ilha das Cores procurar a nascente das cores para aí apanharem uma cor para formar o arco-íris.

Clara disse logo que sim, saltaram para dentro da pérola e chegaram ao País dos Doces. O País dos Doces era muito bonito, as flores eram chupas, os vestidos eram enfeitados com flores de açúcar e a relva era doce.

-E agora onde vamos? - Pergunta a Clara.

-Vamos à loja de vestidos, preciso de um vestido novo.

A loja de vestidos tinha muitos vestidos, mas a Clara viu um na montra, muito bonito, que era um vestido azul cheio de lantejoulas e uma flor de açúcar lilás ao peito. A fada Torrão de Açúcar ofereceu-lhe o vestido e em seguida disse:

-Está na hora de irmos ao País das Cores.

- Mas onde fica o País das Cores? - Pergunta a Clara

-Fica depois do bosque das gomas e do rio de sumo de cereja.

E lá foram elas até o bosque das gomas até que chegaram ao rio de sumo de cereja.

-Mas como é que passamos o rio? - Pergunta a Clara

-Está ali um barco. Diz a fada Torrão de Açúcar

Quando chegaram à ilha das cores foram até a nascente das cores e apanharam um pouco da cor azul.

- E agora temos que ir ao palácio da rainha das fadas entregar a cor que apanhamos na nascente das cores. Diz a fada Torrão de Açúcar

O palácio da rainha das fadas era fantástico era todo feito de doces, depois de dar a cor à rainha das fadas a  Clara regressou a casa e nunca mais se esqueceu daquele aventura tão saborosa.

 

Raquel  Soares (Natal 2007)

publicado por Quel-tea às 19:01
Tags: , ,

Raquel,

Gostei muito da tua história. Revela uma grande capacidade criativa. Não duvido mesmo nada que, quando fores grande, vais ser escritora aos sábados e domingos, como tu dizes! Além disso, a tua história ajudou-me a escolher o destino das minhas próximas férias: quero ir ao País dos Doces! Queres ir comigo?

Estou fascinada com a minha Quelinha !
Lena a 14 de Janeiro de 2008 às 11:17

Porque: "Disseram-me que quem sonha alto o tombo é grande. Mas esqueceram-se de perguntar se eu tenho medo de cair."-Bob Marley " Acreditar é a chave para tornar os sonhos em realidade" NUNCA DEIXE DE SONHAR.
mais sobre mim
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO