O perfume das Palavras

Maio 13 2012

Tudo o que resta de mim,

está no chão,

não sei mais o que sentir,

deste cabo do que restava do meu coração,

tento fugir mas não consigo.

 

Eu já não aguento mais este jogo,

o pouco de mim está a desabar,

e tudo me destroi como se fosse fogo,

o que fiz eu para em estares a matar?

 

Sinceramente, eu agora já não quero saber,

atira-me com paus e pedras se quiseres

agora já não me afectas,

agora que por dentro já estou a morrer .

 

Eu só queria que parasse,

eu só queria voltar a viver,

mas o mundo está a cair,

e não há nada para me protejer.

 

Está na hora de me voltar a erguer,

de seres tu a chorar e a sofrer,

os fogos vão renascer,

e com ela a minha nova vontade de viver,

pois está na hora de dizer adeus aos teus jogos.

      

 

publicado por Quel-tea às 21:35
Tags: ,

Abril 24 2012

Revolta-te

 

Toda a gente assistindo,

todos vêem a dar cabo de ti,

todos estão à espera de você caindo,

não lhe dês esse desfecho,

independente do que possas dizer,

tu és inigualável acredita no que eu estou a dizer.

 

Este mundo é feito de rótulos,

nunca és suficientemente bonito,

nunca faltas às aulas o suficiente,

sempre és esquisito,

nunca és sufecientemente rico,

porque todos fecham os olhos a isto?

 

Sentes-te como não valesses nada,

todas se riem e esperam que começes a fraquejar,

mas tu és forte para te levantar,

és forte para os teus sonhos realizar,

não acredites no que os outros dizem,

pois tu és perfeito.

 

Nunca estão contente com quem és,

mudam aquilo que te tornam único,

fazem-te infeliz,

nunca mais sorris,

não deixes que te façam sofrer,

não deixes aquilo que te torna único desaparecer,

avança,revolta-te,faz isto acabar,

PORQUE TU TENS DIREITO DE VIVER!

                                            Raquel Soares

                                   

 

                                     

                                     

                                      

 

 

 

publicado por Quel-tea às 23:03

Março 12 2012

"De cor é a alegria.

azul como um céu aguarela."-João Pedro Mésseder

 

Esta foi o verso que a professora de português nos deu para com ele fazer-mos um poema nestes moldes e eu fiz:

 

 

De que cor são as tuas emoções?

 

De que cor é o medo,

preto como um mistério não desvendado.

 

De que cor é a tristeza,

sépia como um quadro esquecido.

 

De que cor é a vingança,

vermelho como uma rosa com picos.

 

De que cor é a ambição,

amarelo com o sol de todos os dias.

 

De que cor é a maldade,

cinzento como um pássaro já sem vida.

 

De que cor é a dor,

transparente como uma lágrima derramada.

 

De que cor é o desejo,

lilás como uma flor delicada.

 

De que cor é o meu sentmento maior,

castanho como um forte tronco de àrvore.

 

De que cor são os meus sonhos,

azuis como um ocenao sem fim.

                     

                  Raquel Soares

 

 

 

Agora a tenta tu, De que cor são as tuas emoções? 

 

 

publicado por Quel-tea às 21:54

Março 09 2012

 

 

Já foi à tanto tempo,

mas a minha dor é recente,

e penso que o meu choro,

será para o eternamente.

 

Todo o me faz lembrar de ti,

as brisas que me rodeiam,

a chuva que me molha o rosto,

o simples mar em que me afogou em desgosto.

 

Sei que fui eu que errei,

chorei para que ficasses,

fiz mil promessas,

mas tu não voltaste.

 

Nunca pensei que fossemos acabar,

tão terrivelmente assim,

que quando te foste embora,

nem te lembrasses de mim.

 

Hoje olho para o pôr-do-sol,

relembro as memórias esquecidas,

e choro lágrimas perdidas.

 

Desejo que tivesse mais uma oportunidade,

para voltar a ter tudo aquilo que já tive,

pois sei que agora,

te daria muito mais valor,

a ti e ao teu amor.

 

Raquel Soares

 

publicado por Quel-tea às 19:08

Março 04 2012

Todo o mundo precisa de alguém,

para amar, sorrir, pensar,

e para o mundo enfrentar,

pois não há certeza

que sozinha serei capaz.

 

E quando o mundo está,

caindo aos pedaços,

e não há luz para quebrar a escuridão,

eu lembro-me qu não estou sozinha,afasto a escuridão

e e escuto o meu coração.

 

Perdido na penumbra,

escondida na minha solidão,

num sentimento que não posso negar,

que me faz lágrimas derramar,

qu não perco a esperança,

ao cair levanto-me

e penso que amanhã

irei sorrir e sonhar,

e tu estarás aqui,

para fazer o sol voltar.

     

               Raquel Soares

 

publicado por Quel-tea às 18:31

Março 01 2012

Na escola houve um concurso de poesia e como já devem saber adoro escrever por isso pensei logo partecipar e acabou por o meu ser seleccionado para ir entre 7º ano,8º ano e 9º ano.Espero que gostem e deiam a vossa opinião sincera:

 

O simplesmente diferente

 

Não aguento,
não compreendo,
porquê julgar-me,
se só veem aquilo que não tenho culpa de ser,
porquê  odiar-me,
sem  sequer  tentar perceber-me

Estou cansada de procurar as parecenças
se o que nos torna especiais são as diferenças
Estou cansada de sofrer 
pelo que vocês me acusam de ser,
fatigada de me esforçar,
para me fazer aceitar,
se nunca me irão conhecer



Sou diferente
mas de alma contente

Não sou perfeita,
mas os outros poderão dizer que o são?
estou saturada de tentar ser,
o que odeio,
estou exausta de viver,
neste fútil mundo imperfeito,
onde o mais importante é desvalorizado
e o que não interessa é venerado.



Sou como sou,
e não quero  ser

o que os outros querem ver,


sou linda da única maneira que sei ser,

e quem isso não quiser  aceitar,


é quem tem que mudar
Raquel Soares
s
publicado por Quel-tea às 21:23

Setembro 05 2010

 

Ser criança

é ter esperança

 

É ter a alegria

de viver o mundo.

 

É ter uma chave

uma chave para o futuro.

É viver no mundo de imaginação.

É encarar o mundo,

é tê-los nas mãos.

 

É olhar o mundo

de maneira diferente.

É sonhar é viver ,

É ser diferente.

 

 

b´be

publicado por Quel-tea às 12:32

Agosto 04 2010

Identifica a personagem:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Quel-tea às 16:11

Março 21 2010

Hoje vamos conhecer a mais famosa quinta da net

 

: o FarmVille

 

 

 

Este famoso jogo do facebook premite-te formar uma quinta aos poucos e poucos.

Podes personalizar a quinta a tua maneira utilizando (entro outros) coisas de várias festas do ano.(como por exemplo: o Natal, a pascoa,S.patric day...)

Alem de efeito também podes plantar plantas de acordo com as festas.

A medida que vais passando de nível vais conseguindo mais plantas para plantar e mais coisas para a tua quinta.

Podes dar prendas e receber.Fica atento e podes conseguir vária coisa que os teus vizinhos encontraram.

Por hoje é tudo  se quiseres saber mais informa-te no facebook.

 


 

 

publicado por Quel-tea às 13:10

Janeiro 10 2010

Antes fugir de casa pesar em...

 

Antes de fugir de casa pensa nestas perguntas lógicas:

1-onde vou dormir?

2-o que  vou comer?

3-o que vou beber?

4-onde vou ficar?

 

A seguir reflecte e pergunta-te ti próprio:

Valerá a pena fugir de casa?

 

publicado por Quel-tea às 20:43

Porque: "Disseram-me que quem sonha alto o tombo é grande. Mas esqueceram-se de perguntar se eu tenho medo de cair."-Bob Marley " Acreditar é a chave para tornar os sonhos em realidade" NUNCA DEIXE DE SONHAR.
mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO